miércoles, 11 de febrero de 2009

Parabéns prá você.

Mal abres teus olhos, apreendes a caminhar, consegues comunicar-te com léxico elementar, tornas-te menino levado, assimilas bem a leitura e a escrita, cresces, abandonas teus brinquedos, suspiras e já passaram dois decênios.

Nessa quarta-feira começa um novo caminho: acabas de fazer trinta. Sim, ainda que achavas o começo dessa década a ante-sala da "Idade Meia", e uma etapa que tornar-se-ia enfadonha, enxergas-te hoje no espelho e cais em conta que a vida não foi tão má contigo. Já foste um cara ousado. O que quiseste experimentar, já fizeste. Achas-te agora, graças a Deus, sadio, com tua gente, tua namorada, com labuta e planos para caramba. Ainda estás com vontade de compartilhar tua afeição, desejas apreender outras línguas, gostarias de poder tocar bulerias e conhecer outras terras. Mas agora estás aqui, cismando, a decidir a seguinte estratégia a fim de estar pronto para agir.

É tempo de grandes mudanças.

Bem-vindo a esse novo estágio, Umar.

Parabéns, meu!